Ela nunca aceitou o fracasso
11 de abril de 2021
“Jesus foi bom para você”
20 de abril de 2021

Brigas, ciúmes, dependência e fracasso

NOME: JOSEMAR PINHEIRO BUENO e DEISE DA CONCEIÇÃO LESSA PINHEIRO DATA: 17032021 LOCAL: IIGD ALCÂNTARA REPORTER: AMANDA PIERANTI FOTOGRAFO: RODRIGO DI CASTRO

Josemar Pinheiro Bueno e Deise da Conceição Lessa – Foto: Rodrigo Di Castro

Casal vivia em clima de contenda e não progredia em nada. Hoje, a família é próspera e encontrou a paz em Jesus


Amanda Pieranti


Devido à compulsão alcóolica, Josemar Pinheiro Bueno e Deise da Conceição Lessa viviam se estressando. “Gastávamos muito com bebida. Quase não sobrava dinheiro para as reais necessidades. Frequentemente, nosso nome estava na lista de restrições ao crédito”, revela ele.

A rotina dos dois era uma farra constante. “A gente começava a beber e não queria parar. Nas noitadas, aconteciam os desentendimentos”, recorda-se Deise. Um dos motivos era o excesso de ciúmes dela. “Não podia vê-lo perto de nenhuma mulher. Se ele conversasse com alguma, mesmo sendo minha conhecida, eu me irritava. Às vezes, nós até nos agredíamos fisicamente”.

A esposa de Josemar não confiava nele: “Era horrível viver assim. Ela ficava incomodada, inclusive, com as mulheres da família. Minha personalidade comunicativa e o fato de eu gostar de abraçar as pessoas só pioravam a situação”, afirma ele.

O casal conviveu assim durante nove anos. “Nosso dia a dia se resumia em ficar alcoolizados e brigar. Nunca conquistávamos nada, apesar de trabalharmos. Só fazíamos dívidas em cartões de crédito e bares”.

Quando tudo mudou

O primeiro passo para a transformação partiu de Josemar. “Sonhei que um colega me falava de Cristo. Ele dizia: ‘Esse Homem é lindo’. Quando acordei, senti vontade de visitar a Igreja da Graça, pois já a conhecia. Logo depois, tive uma crise de choro e pedi perdão ao Senhor, dizendo que não erraria mais”.

Decidido a seguir Jesus, ele contou o sonho à esposa e a convidou para acompanhá-lo ao templo. “Falei que, a partir daquele dia, frequentaria a casa de Deus.” Apesar da resistência inicial, Deise aceitou o convite, no intuito de agradar ao marido, que, em pouco tempo, foi liberto dos maus caminhos.

A mudança da companheira não foi imediata. “Eu orava e fazia campanha por ela na Igreja”, revela Josemar. Em seguida, Deise também ficou livre da dependência: “Era como se eu nunca tivesse bebido”.

Agora, eles sonham juntos

Em comunhão com o Pai, os dois foram batizados nas águas, oficializaram a união conjugal, e as bênçãos começaram a chegar. “Aprendemos a determinar a vitória e conseguimos pagar as dívidas”, explica Josemar. “Realizei meu desejo de me casar oficialmente”, acrescenta Deise.

Outra conquista foi a aquisição de um imóvel. “Fizemos um propósito na Igreja, e a resposta veio rápido. Em dois anos, conseguimos comprar um apartamento. Como morávamos distante da Igreja, o Senhor ainda nos abençoou com um carro”.

Atualmente, eles vivem em harmonia. “A Igreja da Graça nos ensina a Palavra de Deus. Estamos livres da bebida, e não sou mais ciumenta. Só há amor e dedicação entre nós”, comemora a esposa.

Josemar e Deise congregam na IIGD em Alcântara (R. Manoel João Gonçalves, 500 – São Gonçalo – RJ), liderada pelo Pr. Paulo Borges.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Follow by Email
Instagram
WhatsApp