“Meu marido estava condenado à morte”
31 de julho de 2021
Corria risco de ficar cega
1 de setembro de 2021

Saiu de ambiente caótico

Foto: Divulgação IIGD

O’hara Santos


Após bandidos invadirem a laje de sua casa, Ladjane Maria da Silva resolveu se mudar, às pressas, do bairro onde morava. “Fiquei desesperada e fui embora, deixando minha casa própria para trás. Naquele momento, só pensei na segurança da minha mãe e da minha filha”.

Ela conseguiu moradia em uma região mais segura e com qualidade de vida enquanto tentava vender o imóvel de onde havia saído. “A casa ficou abandonada naquele ambiente caótico, e os bandidos poderiam invadi-la a qualquer momento. Precisava negociá-la o mais rápido possível, mas não estava conseguindo”.

Como participava dos cultos na Igreja da Graça e das orações no Show da Fé, ela clamou a Deus pela venda e proteção da residência. “Graças a Jesus, minha casa não foi invadida e consegui vendê-la”.


1 Comment

  1. Gabriel Santos disse:

    Querida obreira da IIGD! Deus continue abençoando! Que linda matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *