Laços de amor eternos
1 de outubro de 2020
Abriu hamburgueria após demissão
1 de fevereiro de 2021

Como passar em concurso público?

Foto: Pixabay

O JSF vai ajudar você nessa missão. Aproveite e concorra a uma das mais de 900 vagas abertas em várias cidades


Amanda Pieranti


Se, em algum momento, você pensou em ter um emprego estável, deve ter cogitado fazer prova para concurso público. Esse é o caminho que muitos buscam, mas nem todos têm êxito.

Caso seja esse o seu objetivo, fique atento às orientações do Prof. Sérgio Sampaio, coordenador do curso Elite, no Rio de Janeiro. Mais de dez mil aprovados já passaram pela experiência docente dele.

Com 23 anos de experiência na preparação de alunos para os certames, a primeira dica de Sérgio aos aspirantes a servidores públicos é começar a estudar bem antes que o edital do concurso esteja disponível. Isso porque a prova, em geral, acontece dois meses depois da publicação. “Aconselho a pessoa a se preparar com uns dois anos de antecedência. E não deixe de estudar até conseguir seu objetivo.”

Disciplina e organização

Outra dica do professor é criar uma rotina de estudos e ser fiel a ela. “Todo candidato precisa ter isso bem programado. Do contrário, irá se perder com facilidade. Então, mantenha as matérias e esses horários bem organizados. O edital de um concurso é imenso, e o aspirante ao cargo precisa conhecer todos os pontos. Mas só vai conseguir isso com disciplina e organização”.

Estudar uma média de 10 horas por dia é um ótimo tempo, de acordo com Sérgio Sampaio. “Quem pode deve dividir o planejamento em dois turnos, manhã e tarde, encerrando às 18h, para descansar o corpo e a mente. Programe também os dias de estudo para cada disciplina”.

Quem trabalha precisa usar seu momento de folga. “Esse é o lado mais complicado. Algumas pessoas só conseguem estudar depois do trabalho ou nos finais de semana e feriados. Porém, o importante é dedicar-se aos estudos ao máximo nessas ocasiões. O ritmo de um estudante de concurso é pesado. A concorrência é grande, e ele precisa estar bem preparado para superar os adversários.”

Prof. Sergio Sampaio – Foto: Arquivo pessoal

O que estudar

De acordo com Sampaio, o candidato a uma vaga no serviço público precisa se aplicar à redação. “Na maioria dos concursos, ela só serve para reprovar, porque foge ao caráter somatório de notas, sendo eliminatória. Se a pessoa não tirar nota X, estará fora da disputa”.

Ele diz que a redação tem sido o maior desafio de muita gente nas provas. “As mídias sociais modificaram a forma como os internautas escrevem e se comunicam. Eles abandonaram a norma culta da Língua Portuguesa. O que aconteceu? A redação se tornou um desastre.”

A Matemática é outro desafio eterno, segundo o educador. “Desde a infância, essa matéria tem aquele peso de reprovação. Por isso, deve ser bem estudada, juntamente com outras disciplinas, nas quais os números são utilizados, como Física e Química”.

Redação nota mil

Prepare-se para fazer uma redação nota mil, com dicas de Sérgio Sampaio:

Atualidade Mantenha-se antenado sobre o que está acontecendo no mundo: questões políticas, ambientais, econômicas, entre outras, devem ser acompanhadas pelo candidato. Em geral, as redações abordam temas sociais de inclusão, reconhecimento das minorias, respeito aos direitos e garantias fundamentais, respeito à Constituição e à democracia.

Fique atento às regras Quantidade máxima e mínima de linhas e conexão de parágrafos. A redação deve ter introdução, desenvolvimento e conclusão. O aluno precisa fazer uma proposta de intervenção, propondo uma solução para o problema. As redações brilhantes têm isso.

Conecte os fatos Saiba conectar os fatos às fontes que você menciona, senão o texto torna-se um artigo, uma opinião. Por exemplo: se o candidato afirmar que a violência no Estado do Rio de Janeiro aumentou, deverá citar a fonte que sugere isso. Para tanto, poderia escrever: “Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, no Rio de Janeiro, no período tal…”

Atenção aos textos de apoio Eles trazem essa informação para a conexão dos fatos descrita acima. Esse é “o pulo do gato”. Localizados abaixo da redação, revelam dados de pesquisas, fontes, que o candidato vai inserir na redação, para deixá-la mais rica de informação.

Seja fiel ao bom português De nada adianta isso tudo se deixar de lado um vocabulário consistente e desrespeitar as normas cultas da Língua Portuguesa. Lembre-se: os erros são passíveis de desconto na nota.

 Aprenda a memorizar o conteúdo

Nesse processo de aprendizado, Sérgio orienta o candidato a trabalhar com a memorização do conteúdo: “A decoreba é desaconselhável, pois faz com que tudo seja esquecido depois. Use o mapa mental: em uma folha, coloque o tema da aula e reforce os pontos de ligação dela. Assim, eles serão interiorizados. Fotografe esse mapa no celular e use-o para fixar os assuntos”, ensina.

Outra dica para garantir o aprendizado é participar dos simulados das provas de concursos anteriores. “Faça, pelo menos, um por semana, porque eles têm questões de exames passados, permitindo ao aluno treinar e verificar quais pontos precisam ser melhor estudados”.

De doméstica a funcionária pública

Rosangela Gonçalves da Silva trabalhou, durante anos, como doméstica. Mas seu sonho era ser concursada. “Eu trabalhava de segunda a sábado e, muitas vezes, vendia minhas férias para ter dinheiro. Eu queria ter uma vida melhor”.

Foto: Rodrigo Di Castro

Evangélica, ela ficou um ano orando por esse propósito. “Participei também de uma campanha na Igreja Internacional da Graça de Deus em Santa Cruz da Serra (RJ), determinando meu objetivo”.

Além disso, Rosangela revelou seu sonho para a patroa, que, ciente desse desejo, decidiu ajudá-la. “Ela pagou três inscrições de concurso para mim. Nos dois primeiros, não fui aprovada. Mas, no terceiro, consegui a vaga de agente de preparo de alimentos, merendeira da Companhia de Limpeza Urbana no Rio de Janeiro (Comlurb), em 2010.”

Rasgou comunicado sem abrir

Na ocasião, Rosangela estava emocionalmente abalada, devido à doença de um parente, e acreditava não ter feito uma prova com nota suficiente para assegurar o emprego. “Porém, orei assim: Senhor, está nas Tuas mãos. Se for da Tua vontade, vou ser funcionária pública. É o meu sonho!”

Em 2011, ela recebeu uma carta, convocando-a para um teste físico e de aptidão. No entanto, ela rasgou a correspondência sem abrir, pensando ser cobrança. Logo em seguida, arrependeu-se, pegou os pedaços do comunicado e verificou o conteúdo. “Quando vi que estavam me chamando para os testes, pulei de felicidade, gritando: Eu consegui!”.

Imediatamente, contou a novidade para a patroa, com quem mantém contato até hoje. “Sou muito grata por ela ter pagado as inscrições e me incentivado tanto!”.

“Nunca podemos abandonar nossos sonhos”

Rosangela, assim como muitos concurseiros, fugia do modelo ideal de estudo recomendado pelo Prof. Sérgio Sampaio, pois só estudava quando parava de trabalhar. “Era mais à noite e nas folgas. Bem corrido”.

Nesse sentido, entende como milagre a realização de seu sonho. “Eu estudava sozinha, em casa, usando apostilas compradas em bancas de jornal, e fazia os simulados delas. Jamais teria conseguido sem Deus, e sou grata a Ele.”

Hoje, a funcionária pública celebra a vida abençoada, inclusive financeiramente. “Tenho casa própria, consegui tirar minha habilitação e comprei um carro. Além disso, sempre viajo. Já até programei a próxima viagem: vou me hospedar em um resort. Valeu muito a pena não ter desistido. Nunca podemos abandonar nossos sonhos”.

Aproveite as oportunidades

Mais de 900 vagas abertas em várias cidades do Brasil.

Prefeitura de São João da Ponte (MG)

Vagas: 311

Cargos: ajudante de mecânico, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de serviços gerais, motorista de veículos pesados, recepcionista, técnico de enfermagem, técnico em segurança do trabalho, técnico em informática, arquiteto, dentista, psicólogo, entre outros.

Escolaridade: ensinos Fundamental, Médio/Técnico e Superior

Salários: até R$ 13.500,00

Prazo de inscrições: até 25/10/21

Edital no link: https://www.saojoaodaponte.mg.gov.br/publicacoes/

Prefeitura Três Marias (MG)

Vagas: 274

Salários: até R$ 4.305,00

Cargos: auxiliar de serviços gerais, oficial de obras, servente – coleta de lixo, escolar e limpeza de prédio –, assistente de administração, entre outros.

Inscrições: até 27/10/21

Edital:https://www.ibgpconcursos.com.br/concursos/DetalheConcurso.aspx?id=207

Concurso Funpresp-Jud

Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário

Vagas: 10 vagas + cadastro de reserva

Salários: até R$ 8.200,00

Cargos: Ensino Superior – advogado, analista de comunicação e marketing, de contabilidade e de investimentos, entre outros.

Inscrições: até 21/10/21

Edital: https://www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=348

Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro

Vagas: 350

Salários: iniciais de R$ 9.000,00

Cargos: necropsia, investigação e perícia

Inscrições: até 26/10/21 Edital: https://conhecimento.fgv.br/concursos/pcrj21


1 Comment

  1. Sergio Sampaio disse:

    Em momento de incertezas nompaís, o concurso público é uma ótima oportunidade de projeto de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *