Você está capacitado na sua profissão?
21 de dezembro de 2020
Aliada do intestino e da visão
10 de janeiro de 2021

Recuperou saúde e independência


Marisa Rodrigues
– Foto: Rodrigo di Castro

Com síndrome do túnel do carpo, Marisa Rodrigues não tinha firmeza na mão e dependia da família para fazer as tarefas do dia a dia


Claudia Santos


De repente, Marisa Rodrigues de Souza começou a sentir dor, dormência e formigamento na mão direita. “O problema se estendeu para o braço, e passei a ter dificuldade de realizar os serviços domésticos. Trabalhava em um restaurante como saladeira e exercia a função com muito sacrifício.”

Ao procurar um médico, ela foi diagnosticada com síndrome do túnel do carpo, doença resultante da compressão do nervo mediano localizado no punho. A enfermidade atinge, principalmente, mulheres dos 30 aos 60 anos.

O especialista receitou medicamentos e fisioterapia. Porém, o sofrimento não parou. “A dor era tão intensa que eu nem dormia direito. Como o formigamento e a dormência também permaneciam, tive de sair do emprego, pois estava sem firmeza na mão. Em casa, continuava precisando da ajuda do meu marido e da minha filha com as tarefas. Isso me deixava triste.”

Sofrimento durou oito anos

De acordo com o médico, ela teria de ser submetida a uma cirurgia, caso não melhorasse. “Eu não queria ser operada. Então, durante os programas de TV do Missionário R. R. Soares, determinava a cura. Um dia, após a oração, passei a água consagrada na mão e no braço, e Jesus me curou.”

Após oito anos de angústia, Marisa recuperou a saúde e a independência. “Agora, cuido da casa sozinha, faço faxina, lavo roupa e cozinho, graças a Deus”, afirma ela, membro da Igreja da Graça emBarra do Piraí (RJ) – Rua João Batista, 318 – Galpão A3, bairro Oficinas Velhas – dirigida pelo Pr. Alcinei.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *