Crises de asma nunca mais!
18 de outubro de 2021
Palavra Amiga
1 de novembro de 2021

Milagres na Hungria

Budapeste, capital da Hungria, é um dos pontos turísticos do país – Foto: Pixabay

Claudia Santos


Localizada no Leste Europeu, a Hungria possui uma população de mais de 10 milhões de habitantes e área total de 93.030 km², sendo um pouco menor que o Estado de Santa Catarina, no Brasil. A capital da Hungria, Budapeste, é a cidade mais populosa e um dos principais pontos turísticos do país, com monumentos, palácios, além de diversos eventos culturais.

O lago Balaton, chamado “mar húngaro”, também atrai inúmeros visitantes, assim como as estações termais, muito frequentadas no verão. A maior parte da população é cristã, e o SOS da Fé, apresentado pelo Missionário R. R. Soares, tem ajudado várias pessoas a conhecer mais da Palavra de Deus e receber as bênçãos do Altíssimo. Anna Wendt é uma delas.

Venceu a leucemia

Em 2005, após realizar alguns exames, Anna foi diagnosticada com leucemia, câncer que afeta os glóbulos brancos do sangue, conhecidos como leucócitos. A doença surge quando algumas dessas células sofrem mutações e começam a se multiplicar de forma descontrolada na medula óssea, substituindo as células sanguíneas normais.

Além de iniciar o tratamento contra a enfermidade, imediatamente após o diagnóstico, ela suplicou pela sua recuperação, participando do SOS da Fé, pois sabia que o caso era grave.Eu já conhecia Jesus e o Seu poder. Então, determinei um milagre, orando com o Missionário”.

Anna se apegou às promessas bíblicas, entre elas, Isaías, capítulo 53, versículo 4. “Essa passagem afirma que Jesus levou sobre Si as nossas enfermidades e dores. Determinei o seu cumprimento na minha vida e tomei posse da bênção. Assim, Cristo me curou”.

Livre de mais dois problemas de saúde

Usando a fé e participando da programação, a húngara recebeu outras vitórias. “Sentia muita dor na perna e, após uma consulta médica, descobri ser trombose. Também tinha um cisto e precisava operar para removê-lo. Mas disse a Jesus que não aceitava doença no meu corpo e fui abençoada novamente”.

O cisto e a dor na perna sumiram. “Mais uma vez, provei do poder do Altíssimo. Estou me sentindo ótima. Corto madeira para colocar na lareira e aquecer a minha casa. Eu também consigo aparar a grama do meu jardim e pegar água potável nas montanhas. Que Deus continue abençoando os que fazem parte desse ministério”, finaliza ela, exibindo vitalidade e disposição aos 74 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *