“Meu marido estava condenado à morte”
31 de julho de 2021
Corria risco de ficar cega
1 de setembro de 2021

Escapou de afogamento

Foto: Arquivo pessoal

Renato Schneider está sempre com a televisão ligada, acompanhando a programação da Igreja da Graça e pedindo pela proteção dele e de sua família. “Devido a essa comunhão com Deus, recebi um livramento de morte”. 

Durante um salto, em um açude, Renato quase morreu afogado. “Mergulhei e tentei submergir, como já tinha feito outras vezes, mas calculei mal a profundidade e me faltou o chão para dar o impulso de retorno. Como não sei nadar, comecei a afundar e gritar por socorro”. 

O filho de Renato ouviu os gritos a tempo e o socorreu, jogando um cano dentro do açude, no qual o pai conseguiu se segurar e sair da água. “Quando eu estava me afogando, olhava para o céu e sentia que tinha alguém me puxando de volta. Certamente era o Senhor, e agradeço a Ele por estar vivo”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *